SOB PRESSÃO: Prefeito de Tuntum mente publicamente e só concede 10% de aumento e reconhece que tem sobras do Fundeb em quase R$ 8 milhões.

Na reunião realizada nesta tarde na sede da prefeitura, entre prefeito e sindicato, depois de muito fugir da categoria, o prefeito tem noticiado em suas redes sociais que concedeu um aumento de pouco mais de 30% para os professores. Só que ele mentiu.

O aumento de 20% já era devido aos professores que foi concedido pela gestão anterior. Fernando aumentou apenas simbolicamente mais 10% como forma de tenta calar os profissionais da educação que já conhece seu jeito midiático de fazer gestão.

Fernando Pessoa (PDT), correu dos professores por quase um mês seguido. Ao sentar com a categoria e ladeado de sua equipe, pasmem, até o ex-prefeito de Barra do Corda esteve presente. Éric Costa, responde inúmeros processos na justiça federal, entre eles, por desvios de dinheiro público, esquema de empresa de faxada, e compras de caixão.

Na reunião, juntamente com a diretoria do sindicato, que muito tem deixado a desejar para categoria, o prefeito concedeu apenas 10% de aumento em cima da GAM – Gratificação de Atividade do Magistério, os outros 20% vem da gestão do ex-prefeito Tema. Já os professores de nível médio, apenas 20%.

Hoje, depois de muita pressão, o prefeito reconheceu o que muitos já sabiam, existem sobras do FUDEB em quase R$ 8 milhões de reais nos cofres públicos e o dinheiro deve ser repassado para categoria até 30 de abril do corrente ano. Tarde demais, porque o dinheiro é da educação.

Já não é supresa pra todo mundo que após a reunião, o prefeito Fernando Pessoa (PDT), buscaria ganhar holofotes anunciando que está concedendo pouco mais de 30% de aumento, só que todos já sabem que não passa de mídia barata e mentirosa. A reposta para tanta mídia ao chefe do executivo municipal chega nas eleições de 2022. Tá próximo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.