Polícia Federal prende suspeito de integrar associação criminosa e fraudes contra o INSS no Maranhão.

O preso levou uma idosa ao cartório eleitoral da cidade utilizando uma identidade falsa em nome de uma pessoa já falecida.

Polícia Federal prende suspeito de integrar associação criminosa envolvida em esquema de fraudes contra o INSS no Maranhão — Foto: Divulgação/ Polícia Federal

Na manhã desta segunda-feira (13), a Polícia Federal prendeu um homem suspeito de integrar uma associação criminosa voltada para a prática de fraudes contra o INSS em Codó, a 298 km de São Luís. 

De acordo com a polícia, o preso levou uma idosa ao cartório eleitoral da cidade que, utilizando uma identidade falsa em nome de uma pessoa já falecida, fez a renovação do cadastro de eleitor em nome dela, com a finalidade de fazer prova de vida perante o INSS e, assim, sacar o seu benefício previdenciário.

Polícia Federal prende suspeito de integrar associação criminosa envolvida em esquema de fraudes contra o INSS no Maranhão — Foto: Divulgação/ Polícia Federal

Diante dos fatos, os envolvidos foram autuados pelos crimes de inscrição eleitoral fraudulenta, tentativa de estelionato previdenciário, uso de documento falso e associação criminosa. As penas somadas podem chegar a 20 anos e 8 meses de prisão. Do G1 MA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.