MP vê prescrição e decide não apresentar nova denúncia contra Lula no caso do Triplex do Guarujá.

ARQUIVAMENTO: A Procuradoria do DF, que assumiu o caso depois de o processo ser remetido para Brasília, opinou pelo arquivamento do caso do triplex do Guarujá que envolvi o ex-presidente Lula.

Em março o STF considerou suspeita a atuação do então juiz Sérgio Moro e anulou a condenação de Lula. Com isso, a investigação teria que recomeçar do zero e não seria possível reaproveitar provas colhidas no processo original, de Curitiba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.