Lula consolida a liderança e segue à frente de Bolsonaro na pesquisa Ipec para eleição presidencial

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT), permanece na liderança da corrida pelo planalto nas eleições de 2022, com 48% das intenções de votos, 25 pontos percentuais a mais que o segundo colocado, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que tem 23% das intenções de voto segundo a pesquisa Ipec. Em votos válidos, o resultado significa que o petista venceria em primeiro turno.

O Pedetista Ciro Gomes (PDT), que deve disputar a quarta eleição presidencial, oscilou positivamente de 7% para 8% das intenções de voto. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), aparece em terceiro lugar com 3% dois pontos percentuais a menos do que no levantamento realizado em junho. João Doria foi o início tucano incluído na pesquisa.

As prévias do PSDB começaram oficialmente nesta segunda-feira e ainda vão indicar oficialmente o candidato do partido que vai disputar a Presidência da República. Ao todo, quatro candidatos fizeram inscrição no processo interno: Doria, Leite, o senador Tasso Jeireissati (PSDB-CE) e o ex senador e ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio (PSDV-AM). As campanhas dos dois últimos até agora, porém, se restrigem a movimentos internos e eles tem sinalizado simpatia a Leite.

A pesquisa Ipec ainda mostra que o ex-ministro da saúde na gestão Bolsonaro Luiz Henrique Mandela (DEM) permanece com 3% das citações, enquanto brancos ou nulos somam 10%, menos índice apresentado na pesquisa anterior. Os que ao sabem ou não responderam eram 3% e agora somam 4%.

Em outro cenário proposto pela pesquisa, desta vez com mais candidatos apresentados aos entrevistados, o ex-presidente Lula aparece com 45% das intenções de votos, enquanto Jair Bolsonaro foi indicado por 22% dos entrevistados. Neste cenário, Lula estaria no limite da margem de erro para vencer já no 1• turno se as eleições fossem hoje.

Ciro Gomes recebeu 6% da intenções de voto, seguido pelo ex-juiz Sérgio Moro, com 5%. O apresentador de televisão José Luiz Datena, postulante pelo PSL, foi apontado por 3% dos entrevistados, e João Doria por 2%.

Informações extraídas do Jornal O Globo e confirmadas pela redação deste Blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.