GUERRA: Rússia ataca Ucrânia pela terra, pelo ar e pelo mar; Ucrânia diz que invasão é total.

É o maior ataque de um país europeu contra outro do mesmo continente desde a Segunda Guerra; Putin justificou ação militar para proteger separatistas no leste e ameaçou quem tentar interferir. ONU pediu que ele recue e Biden disse que guerra será catastrófica.

Rússia diz ter destruído mais de 70 alvos

A Rússia destruiu mais de 70 alvos militares na Ucrânia. Entre esses, estão 11 campos de pouso, três pontos de comando e uma base naval.

As informações são do general Igor Konashenkov, porta-voz do Ministério da Defesa, em Moscou. Ele disse que os russos derrubaram um helicóptero e quatro drones.

A Rússia perdeu uma aeronave —segundo ele, isso aconteceu por causa de um erro do piloto.

O ministro de Defesa da Rússia, Sergey Shoigu, disse aos comandantes russos que os soldados ucranianos devem ser tratados com respeito, segundo a agência russa Ifax.

Segundo o “New York Times”, mais de 40 soldados ucranianos morreram nos confrontos desta quinta-feira. O jornal credita a informação a um assessor de Zelensky.

Ao menos 18 militares morreram em um ataque perto de Odessa, no litoral do Mar Negro.

Prefeito de Kiev diz que estações de metrô podem ser usadas como abrigos antiaéreos

Em Kiev, uma testemunha disse à agência Reuters que ouve-se uma sirene aérea. Mais cedo, foram ouvidas explosões na cidade.

O prefeito da cidade ordenou um toque de recolher e disse que há quatro estações de metrô pelas quais não passam trens que pode ser usadas como abrigos antiaéreos.

A cerca 23 quilômetros da cidade, há uma luta no aeroporto militar de Gostomel. 

As tropas russas que invadiram a Ucrânia a partir da Belarus chegaram em uma região próxima da antiga usina nuclear de Chernobyl nesta quinta-feira (24). O presidente Zelensky afirmou que os russos tentam controlar Chernobyl. 

A liderança pró-Ucrânia na região de Donetsk, que é controlada por separatistas aliados aos russos, afirmou que houve um ataque russo que atingiu um hospital e que quatro pessoas foram mortas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.