ESPALHANDO FAKENEWS: Blog do Wilques Gomes tenta atribuir erros da gestão passada ao Prefeito Raimundinho de Audiolar. Caiu do Cavalo.

Durante o dia de ontem, domingo (28), o jornalista Wilque Gomes compartilhou em grupos de WhatsApp e no seu blog, bem como na sua página no Instagram um problema ocorrido em 2017 e atribuiu ao prefeito Raimundinho da Audiolar, sendo que o Problema era do Juran Carvalho.

Só que, parece que antes de realizar a publicação o blogueiro não confirmou a informação para saber que essa problema ocorreu no dia 31 de outubro de 2017, quando Juran Carvalho ainda era o ‘prefeito’ de Presidente Dutra. Ou seja, espalhando FAKENEWS.

O blog não teve a mínima preocupação em checar a informação sobre a matéria que vinculou. Na atual gestão, do prefeito Raimundinho, não está ocorrendo nenhum problema estrutural com a educação, muito pelo contrário, Raimundinho está apenas corrigindo os erros da gestão passando, inclusive, pagando mais de R$ 10 milhões em dívidas deixadas pelo ex-gestor.

Com a publicação realizada pelo blog do Wilque Gomes, a população conseguiu resgatar o mesmo vídeo e as fotos usadas pela matéria para comprovar que o fato ocorreu durante a gestão do ex-prefeito.

Nunca, na história de Presidente Dutra, a educação esteve tão avançada e assistida, como está na gestão do prefeito Raimundinho da Audiolar e do secretário Fernando Sereno, o prefeito que mais tem trabalhado pelo município e que menos gosta de fazer política. Raimundinho, trabalha!

Portanto, a matéria exibida pelo blog do companheiro WILQUE GOMES, É FAKENEWS!

Comentários em “ESPALHANDO FAKENEWS: Blog do Wilques Gomes tenta atribuir erros da gestão passada ao Prefeito Raimundinho de Audiolar. Caiu do Cavalo.

  1. Esses são o modos operantes do grupo de oposição, derrotados em Presidente Dutra. Bom nem sei se tem oposição em nossa cidade, um ex prefeito, uma vereadora e um deputado, que vai na tribuna para falar mentiras sobre a atual gestão, onde seu pai foi prefeito por 8 anos, nenhuma ponte construiu. Agora quer atrapalhar e não deixar o nosso gestor trabalhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.