Empresas que se mobilizaram pra ajudar vítimas de enchentes no MA, merecem incentivo fiscal, sugere Deputada Daniella.

Para ajudar o setor econômico, a deputada pediu ao Governo do Estado a redução do ICMS para as empresas que atuam nas cidades e que foram prejudicadas pelas enchentes, bem como o parcelamento dos valores vencidos e vincendos. Por fim, o pacote também busca garantir incentivo fiscal para as empresas que fizerem doação para os municípios.

Com o objetivo de amenizar os impactos das enchentes em diversos municípios do Maranhão, a deputada Daniella apresentou ao Governo do Estado, via Indicação, um pacote de medidas que contempla maranhenses afetados pelas fortes chuvas que caíram nos últimos dias no Sul do estado, a exemplo da cidade de Mirador, onde as ruas se transformaram em rios e tanto a população quanto o comércio local acumulam grandes prejuízos.

ASSISTÊNCIA À POPULAÇÃO

Ao governo estadual, Daniella solicitou que seja feito um estudo para a viabilização de incentivos fiscais às empresas que dizem doações aos afetados pelas enchentes. “Precisamos criar mecanismos que incentivem as boas ações. Temos muitas empresas capazes de ajudar nesse momento e isso precisa ser fomentado”, pontuou Daniella.

Além disso, a Parlamentar solicitou a concessão de um Auxílio Moradia Extraordinário no valor de R$ 600,00 pelo mínimo de seis meses. Além disso, a parlamentar sugeriu a entrega de refeições gratuitas para almoço e janta – o que deve ser feito pelos Restaurantes Populares mais próximos das cidades afetadas. Dentre as medidas também estão o apoio do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil a populares, doação de cestas básicas e de kit’s de cama e banho, o envio de equipes epidemiológicas aos municípios para trabalhar na prevenção de doenças como a cólera e leptospirose, fornecimento de água potável para ingestão e, ainda, a estruturação de galpões ou quadra para abrigos das pessoas dos municípios alagados e/ou inundados.

“Estou acompanhando a situação de perto e, infelizmente, estamos vendo casas destruídas pelas enchentes, famílias desabrigadas, o comércio amargando sérios prejuízos, com perdas de suas estruturas, mercadorias. Enfim, é tudo muito triste e preocupante, por isso, estamos tomando providências para que todos tenham assistência digna do poder público neste momento de tantas perdas”, declarou Daniella.

Do blog valber Alves

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.