Deltan diz que PowerPoint sobre Lula foi ‘erro de cálculo’

O ex-procurador Deltan Dallagnol disse na segunda-feira (29), durante entrevista ao podcast Flow, que o PowerPoint feito sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 2016 foi um erro de cálculo dos procuradores da operação Lava Jato.

Deltan afirmou que a força-tarefa já tinha “feito ‘n’ entrevistas anteriores”, usando apresentações do tipo, mas sem a mesma repercussão. ​

“Erro de cálculo nosso… Foi um erro de conta nosso sobre o modo que pode ter gerado uma interpretação equivocada por parte da sociedade, mas a nossa intenção era de fazer exatamente o que a gente tinha feito em casos anteriores”, completou.

No auge da operação, nessa época, o então chefe da força-tarefa ficou marcado pela apresentaçãona qual listava fatores que indicavam que o petista havia chefiado o esquema de corrupção na Petrobras.

“A gente sempre tentou ser didático. A gente não acha que a pessoa tem que ter feito direito para entender de corrupção… a gente quer ser simples e levar informação simples para que a pessoa entenda qual é o problema e qual é a solução”, disse ao podcast.

A apresentação contra Lula foi alvo de denúncia do ex-presidente ao CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), que arquivou o processo.

Lula acusava Deltan e os procuradores Roberson Pozzobon e Júlio Noronha de abuso de poder e de expor o ex-presidente e a ex-primeira-dama Marisa Letícia a constrangimento público.

Em novembro passado, Deltan anunciou sua saída do Ministério Público, dizendo que tem várias ideias para seu futuro e defendendo o “voto consciente”.

Fonte: Folha de S. Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.