CAXIAS: Prefeito é referência no Maranhão. Tuntum deveria seguir o exemplo de Fábio Gentil.

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil, anunciou na noite da última sexta-feira, 15, durante maratona de eventos ao lado do governador Flávio Dino e de diversas autoridades estaduais, que a prefeitura irá pagar o 14º e o 15º salário aos professores da cidade.

A boa notícia aos professores caxienses foi feita ao final de um dia inteiro de inaugurações, que teve início na zona rural de Caxias, onde o povoado engenho d’água recebeu uma moderna escola com 8 salas de aula.

“Hoje, todos os professores municipais de Caxias, contratados e efetivos, amanheceram com o abono salarial nas contas. Isso mostra a responsabilidade e o compromisso que nós temos. E anunciei também, junto ao nosso vice-governador e futuro governador, Carlos Brandão, que os nossos professores, em dezembro, irão receber o 14º, irão receber o 15º salário”, disse o prefeito de Caxias. “Nós temos compromisso com os nossos educadores”, complementou o prefeito sendo aplaudido efusivamente pela multidão presente.

As maiores lideranças políticas do Maranhão estavam presente no evento, ajudando a ecoar o feito do prefeito caxiense.

Com o pagamento desse benefício aos professores, Fábio Gentil emplaca mais um feito inédito na cidade.

Reeleito prefeito com 78% dos votos, Fábio prossegue sua ascensão política em Caxias e se torna referência entres os gestores do Maranhão.

Junto com a concessão do abono salarial para os professores, o pagamento de mais 2 salários extras significa um verdadeiro alento ao comércio da cidade, o que representa um aporte financeiro de suma importância para a economia do município como um todo.

Além do anúncio do benefício inédito aos professores, o prefeito Fábio Gentil anunciou ainda outras importantes obras na cidade, tais como: 16 escolas, pavimentação de ruas de vários bairros, brinquedotecas e 1 parque esportivo com 12 mil metros quadrados de área construída, garantindo a geração de emprego na construção civil e o consequente aquecimento da economia.

Fonte: Blog do Sabá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.