Avião que caiu com Marília Mendonça bateu em cabo de força, diz CEMIG.

A Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG) divulgou uma nota dizendo que o avião bimotor atingiu um cabo de uma torre de distribuição da empresa, em Caratinga, no Vale do Rio Doce. A Aeronáutica informou que vai investigar as causas do acidente. Investigações do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa 3), foram chamados ainda durante a tarde para “realizar a ação inicial do acidente envolvendo à aeronave de matrícula PT-ONJ”.

Conforme nota da Aeronáutica, “na ação íncola os investigadores identificam indícios, fotografam cenas, retiram partes da aeronave para análise, ouvem restos de testemunhas e reúnem documentos”. Existem a possibilidade da aeronave ter colidido contra frios de alta tensão próximos ao local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.