Artigo 212-A da CF: Raimundinho da Audiolar garante pagamento do abono-Fundeb aos profissionais da educação. Em Tuntum só paga se o prefeito quiser.

O prefeito de Presidente Dutra, Raimundinho da Audiolar (PRB), comprometido com a educação do município e, sobretudo, com os profissionais da pasta, através do projeto de Lei do Executivo N. 021, de 22 de Dezembro de 2021, determina o seguinte:

O poder Executivo Municipal concederá aos profissionais da educação básica vinculados a secretaria de Educação, em caráter excepcional, no exercício de 2021, o abono denominado ABONO-FUNDEB para fins de cumprimento do disposto no inciso XI, do artigo 212-A, da constituição federal.

Ao contrário do prefeito de Tuntum, Raimundinho busca garantir os direitos do professores do município depositando nas contas dos verdadeiros donos, a sobra do Fundeb.

Em reunião nesta quarta-feira (22), Fernando Pessoa, de Tuntum, disse que só paga o abono se quiser e que não tem dinheiro suficiente em caixa para pagamento do abono.

Com isso, professores começam a se movimentar para deliberar, em assembleia, uma greve em busca dos direitos de cada um deles, o abono.

Sabendo da sobra do abono, tão logo o prefeito Raimundinho- encaminhou um projeto de Lei para câmara de vereadores para garantir que o valor da sobre seja depositado nas contas do profissionais da educação.

Abaixo veja o projeto de Lei:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.